SINDSERV - BEBERIBE

SINDSERV - BEBERIBE
SERVIDOR PÚBLICO DEVE SER PRIORIDADE!!!

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Novo texto da Previdência mantém distorções e não combate privilégios

Mudanças no conteúdo da reforma da Previdência mantém tantas restrições de acesso ao benefício que milhões de trabalhadores e trabalhadoras perderão o direito de se aposentar

Na tentativa de aprovar de qualquer jeito o fim da aposentadoria para milhões de brasileiros que não conseguirão se adequar as restrições impostas pelas novas regras, o governo já modificou várias vezes o texto da reforma da Previdência. O novo texto, diz o governo do ilegítimo e golpista Michel Temer (MDB-SP), corrige distorções. E é com mais essa mentira que Temer está pressionando a Câmara dos Deputados a aprovar as mudanças de regras, rejeitada por mais de 85% dos brasileiros, segundo pesquisa CUT/Vox Populi, na próxima segunda-feira (19). Neste dia, a CUT e demais centrais farão uma greve contra mais esse retrocesso.
Em entrevista ao Seu Jornal, da TVTespecialistas desmentem o governo e seus técnicos. Segundo eles, o texto continua prejudicando trabalhadores e trabalhadoras.
A proposta apresentada pelo relator, deputado Arthur Maia (PPS-BA), insiste em mudar apenas nos critérios de acesso, com cortes de direitos, quando deveria abordar também a cobrança aos grandes devedores, o combate à sonegação e aperfeiçoamento na gestão dos recursos, afirma o diretor técnico do Dieese, Clemente Ganz Lúcio. Segundo ele, a  forma mais eficaz para equilibrar as contas da Previdência é a criação de empregos formais.
“Os dados recentes divulgados pela Receita Federal dão conta que grandes empresas no Brasil devem mais de R$ 450 bilhões”, diz Clemente.  “Não há nenhuma medida nesse campo. Portanto o déficit é decorrente de problemas sérios de gestão, na cobrança, e é fortemente influenciado pela crise econômica. Temos mais de 13 milhões de pessoas desempregadas que não contribuem. Se estivessem ocupadas contribuindo sobre um salário mínimo, por exemplo, já gerariam mais de R$ 30 bilhões de arrecadação para à Previdência.”
Para a presidenta da Associação de Docentes da Universidade Federal do ABC (ADUFABC), Maria Carlotto, independentemente da proposta, o governo Temer não tem legitimidade para aprovar mudanças em uma legislação tão fundamental. Ela avalia que o governo não tem os votos necessários.
“Independentemente do conteúdo, o que é particularmente grave é que essa reforma vai ser proposta num contexto em que o governo não tem nenhuma legitimidade. O nível de confiança da população nas instituições está baixíssimo”, afirma Maria Carlotto.

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

VOTOU CONTRA O TRABALHADOR - NÃO VOLTA!!! SINDSERV-BEBERIBE ADERE A CAMPANHA ESTADUAL...


















DEMONSTRATIVO DE DISTRIBUIÇÃO DA ARRECADAÇÃO - 09022018



SISBB - Sistema de Informações Banco do Brasil10:31:25

BEBERIBE - CE
FPM - FUNDO DE PARTICIPACAO DOS MUNICIPIOS
DATAPARCELAVALOR DISTRIBUIDO
09.02.2018PARCELA DE IPIR$ 266.659,70 C
PARCELA DE IRR$ 2.242.903,80 C
RETENCAO PASEPR$ 25.095,62 D
RFB-PREV-OB CORR$ 330.256,67 D
RFB-PREV-OB DEVR$ 24.009,66 D
RFB-PREV-PARC60R$ 71.352,84 D
DEDUCAO SAUDER$ 376.434,52 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 501.912,70 D
TOTAL:R$ 1.180.501,49 C
TOTAISPARCELA DE IPIR$ 266.659,70 C
PARCELA DE IRR$ 2.242.903,80 C
RETENCAO PASEPR$ 25.095,62 D
RFB-PREV-OB CORR$ 330.256,67 D
RFB-PREV-OB DEVR$ 24.009,66 D
RFB-PREV-PARC60R$ 71.352,84 D
DEDUCAO SAUDER$ 376.434,52 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 501.912,70 D
DEBITO FUNDOR$ 1.329.062,01 D
CREDITO FUNDOR$ 2.509.563,50 C
ITR - IMPOSTO TERRITORIAL RURAL
DATAPARCELAVALOR DISTRIBUIDO
09.02.2018RETENCAO PASEPR$ 3,30 D
DEDUCAO SAUDER$ 61,95 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 82,60 D
ITR-NAO CONVENR$ 413,03 C
TOTAL:R$ 265,18 C
TOTAISRETENCAO PASEPR$ 3,30 D
DEDUCAO SAUDER$ 61,95 D
DEDUCAO FUNDEBR$ 82,60 D
ITR-NAO CONVENR$ 413,03 C
DEBITO FUNDOR$ 147,85 D
CREDITO FUNDOR$ 413,03 C
FUS - FUNDO SAUDE
DATAPARCELAVALOR DISTRIBUIDO
09.02.2018ORIGEM FPMR$ 376.434,52 C
ORIGEM ITRR$ 61,95 C
ORIGEM IPMR$ 524,25 C
TOTAL:R$ 377.020,72 C
TOTAISORIGEM FPMR$ 376.434,52 C
ORIGEM ITRR$ 61,95 C
ORIGEM IPMR$ 524,25 C
DEBITO FUNDOR$ 0,00 D
CREDITO FUNDOR$ 377.020,72 C
IPM - IPI EXPORTACAO - COTA MUNICIPIO
DATAPARCELAVALOR DISTRIBUIDO
09.02.2018DEDUCAO SAUDER$ 524,25 D
IPM IPI-MUNICR$ 2.796,03 C
TOTAL:R$ 2.271,78 C
TOTAISDEDUCAO SAUDER$ 524,25 D
IPM IPI-MUNICR$ 2.796,03 C
DEBITO FUNDOR$ 524,25 D
CREDITO FUNDOR$ 2.796,03 C
FUNDEB - FNDO MANUT DES EDUC BASICA E VLRIZ PROF EDUC
DATAPARCELAVALOR DISTRIBUIDO
01.02.2018COMPLEM. UNIAOR$ 472.792,58 C
COMP.UNIAO PISOR$ 52.532,51 C
TOTAL:R$ 525.325,09 C
02.02.2018COMPLEM. UNIAOR$ 627.894,79 C
ORIGEM IPVAR$ 147.943,82 C
COMP.UNIAO PISOR$ 50.905,87 C
TOTAL:R$ 826.744,48 C
06.02.2018ORIGEM ICMS ESTR$ 282.615,81 C
09.02.2018ORIGEM ITRR$ 27,36 C
ORIGEM IPI-EXPR$ 3.723,02 C
ORIGEM FPER$ 576.333,29 C
ORIGEM FPMR$ 415.537,58 C
TOTAL:R$ 995.621,25 C
TOTAISCOMPLEM. UNIAOR$ 1.100.687,37 C
ORIGEM ITRR$ 27,36 C
ORIGEM IPVAR$ 147.943,82 C
ORIGEM IPI-EXPR$ 3.723,02 C
ORIGEM ICMS ESTR$ 282.615,81 C
ORIGEM FPER$ 576.333,29 C
ORIGEM FPMR$ 415.537,58 C
COMP.UNIAO PISOR$ 103.438,38 C
DEBITO FUNDOR$ 0,00 D
CREDITO FUNDOR$ 2.630.306,63 C
SNA - SIMPLES NACIONAL
DATAPARCELAVALOR DISTRIBUIDO
01.02.2018SIMPLES NACION.R$ 2.491,50 C
02.02.2018SIMPLES NACION.R$ 5.429,64 C
05.02.2018SIMPLES NACION.R$ 112,07 C
06.02.2018SIMPLES NACION.R$ 20,46 C
07.02.2018SIMPLES NACION.R$ 75,81 C
08.02.2018SIMPLES NACION.R$ 31,47 C
09.02.2018SIMPLES NACION.R$ 31,20 C
TOTAISSIMPLES NACION.R$ 8.192,15 C
DEBITO FUNDOR$ 0,00 D
CREDITO FUNDOR$ 8.192,15 C
TOTAL DOS REPASSES NO PERIODO
DEBITO BENEF.R$ 1.329.734,11 D
CREDITO BENEF.R$ 5.528.292,06 C